Autor: admin

Segunda-feira da Semana XXV do Tempo Comum

LEITURA I: Esdr 1, 1-6  No primeiro ano de Ciro, rei da Pérsia, para se cumprir a palavra do Senhor, pronunciada pela boca de Jeremias, o Senhor despertou o espírito de Ciro, rei da Pérsia, que mandou publicar em todo o seu reino, de viva voz e por escrito, a seguinte proclamação: «Assim fala Ciro, rei da Pérsia: O Senhor, Deus do Céu, entregou-me todos os reinos da terra e Ele próprio me encarregou de Lhe construir um templo em Jerusalém, na terra de Judá. Quem de entre vós faz parte do seu povo? O seu Deus esteja com ele e suba a Jerusalém de Judá, para construir o templo do Senhor, o Deus de Israel, que habita em Jerusalém. E todos os sobreviventes do povo, onde quer que residam, devem ser ajudados pelos habitantes do lugar, com prata, ouro, bens e rebanhos, e também com oferendas voluntárias, para o templo de Deus, que habita em Jerusalém». Então levantaram-se os chefes de família de Judá e de Benjamim, os sacerdotes e os levitas, enfim, todos os que o Senhor inspirou para reconstruir o templo do Senhor em Jerusalém. Todos os seus vizinhos os ajudaram em tudo, com prata, ouro, bens, rebanhos e objetos preciosos, e também com toda a espécie de ofertas voluntárias. Compreender a Palavra Depois de anos de cativeiro em Babilónia, longe da pátria, longe da cidade...

Read More

Sexta-feira da Semana XXIV do Tempo Comum

1 Timóteo 6, 2c-12 Caríssimo: Eis o que deves ensinar e recomendar: Se alguém ensinar outra doutrina e não seguir as palavras salutares de Nosso Senhor Jesus Cristo e a doutrina conforme à piedade, é um homem orgulhoso, um ignorante, um doente que se ocupa com questões e contendas de palavras. Daí nasce a inveja, a discórdia, os insultos, as suspeitas malévolas, as altercações entre homens de espírito perverso, que perderam o sentido da verdade e vêem na piedade uma fonte de lucro. A piedade é realmente uma fonte de lucro para quem se contenta com o que tem. Nada trouxemos para este mundo e nada podemos levar dele. Se tivermos que comer e que vestir, estaremos contentes. Mas aqueles que querem enriquecer caem em ciladas e tentações e em muitos desejos insensatos e funestos, que mergulham os homens na ruína e na perdição. O amor ao dinheiro é a raiz de todos os males; alguns, ao tentarem alcançá-lo, transviaram-se da fé e atraíram sobre si muitos sofrimentos. Mas tu, homem de Deus, evita tudo isso. Pratica a justiça e a piedade, a fé e a caridade, a perseverança e a mansidão. Combate o bom combate da fé, conquista a vida eterna, para a qual foste chamado e sobre a qual fizeste tão bela profissão de fé perante numerosas testemunhas. Compreender a Palavra Paulo dirige a Timóteo um belo...

Read More

S. Mateus, Apóstolo e Evangelista

Efésios 4, 1-7.11-13 Irmãos: Eu, prisioneiro pela causa do Senhor, recomendo-vos que vos comporteis segundo a maneira de viver a que fostes chamados: procedei com toda a humildade, mansidão e paciência; suportai-vos uns aos outros com caridade; empenhai-vos em manter a unidade do espírito  pelo vínculo da paz. Há um só Corpo e um só Espírito, como existe uma só esperança na vida a que fostes chamados. Há um só Senhor, uma só fé, um só Batismo. Há um só Deus e Pai de todos, que está acima de todos,  atua em todos e em todos Se encontra. A cada um de nós foi concedida a graça, na medida em que recebeu o dom de Cristo. Foi Ele que a uns constituiu apóstolos, a outros evangelistas e a outros pastores e mestres, para o aperfeiçoamento dos cristãos, em ordem ao trabalho do ministério, para a edificação do Corpo de Cristo, até que cheguemos todos à unidade da fé e do conhecimento do Filho de Deus, ao estado de homem perfeito, à medida de Cristo na sua plenitude. Compreender a Palavra Celebramos hoje a festa de São Mateus, Apóstolo e Evangelista O texto de Paulo aos efésios, escolhido para a festa de São Mateus, apóstolo e evangelista, salienta três aspetos interessantes em quatro partes em que podemos dividir o texto. Primeiro é um chamamento à perfeição cristã “procedei com toda...

Read More

Quarta-feira da Semana XXIV do Tempo Comum

1 Timóteo 3, 14-16 Caríssimo: Escrevo-te estas coisas na esperança de ir ter contigo muito em breve. Mas se eu tardar, já sabes como deves proceder na casa de Deus, que é a Igreja do Deus vivo, coluna e sustentáculo da verdade. É realmente grande o mistério da piedade: Ele foi manifestado na carne, justificado pelo Espírito, contemplado pelos Anjos, anunciado entre os gentios, acreditado no mundo, exaltado na glória. Compreender a Palavra S. Paulo exorta Timóteo a proceder de acordo com os ensinamentos que ele lhe transmitiu como membro da casa de Deus, a Igreja do Deus vivo. Depois Paulo afirma o mistério da Piedade. Segundo Paulo é grande este mistério. Ele é a manifestação da salvação de Deus a todos os povos na pessoa do Verbo encarnado. As palavras de Paulo são muito interessantes e mostram a continuidade da manifestação do mistério da piedade: “Ele foi manifestado na carne, justificado pelo Espírito, contemplado pelos Anjos, anunciado entre os gentios, acreditado no mundo, exaltado na glória”. Meditar a Palavra Parece que fica pouco para dizer depois destas palavras de Paulo. Fica espaço para a contemplação. Mas comecemos por nos questionar sobre o nosso modo de proceder na casa de Deus, nesta Igreja do Deus vivo. Depois entremos na contemplação do mistério da Piedade. Trata-se do mistério da vontade salvífica de Deus, deste Deus de misericórdia que ama o...

Read More

Terça-feira da Semana XXIV do Tempo Comum

1 Tim 3, 1-13 Caríssimo: É digna de fé esta palavra: Quem aspira a um cargo de governo na Igreja aspira a uma nobre função. Mas quem exerce esse cargo deve ser irrepreensível, casado uma só vez, sóbrio, ponderado, digno, hospitaleiro, capaz de ensinar, não dado ao vinho, nem violento, mas condescendente, pacífico e desinteressado. Deve governar bem a sua casa, mantendo os filhos submissos com toda a dignidade, pois quem não sabe governar a própria casa, como poderá cuidar da Igreja de Deus? Não deve ser um recém-convertido, não aconteça que se encha de orgulho e venha a incorrer na mesma condenação do diabo. Além disso, deve gozar de boa fama entre os de fora, para não cair no descrédito e em alguma cilada do diabo. Os diáconos devem igualmente ser dignos, homens de palavra, não propensos ao excesso de bebidas nem a lucros desonestos; e conservem o mistério da fé numa consciência pura. Sejam primeiro postos à prova; depois, se não houver nada a censurar-lhes, poderão exercer o diaconado. As suas mulheres devem igualmente ser dignas, não maldizentes, mas sóbrias e fiéis em tudo. Não se casem os diáconos mais que uma vez; governem bem os filhos e a própria casa. Porque aqueles que exercem bem o seu ministério alcançam uma posição honrosa e uma firme confiança, fundada sobre a fé em Cristo Jesus. Compreender a Palavra...

Read More

Segunda-feira da Semana XXIV do Tempo Comum

LEITURA I 1 Tim 2, 1-8  Caríssimo: Recomendo, antes de tudo, que se façam preces, orações, súplicas e acções de graças por todos os homens, pelos reis e por todas as autoridades, para que possamos levar uma vida tranquila e pacífica, com toda a piedade e dignidade. Isto é bom e agradável aos olhos de Deus, nosso Salvador; Ele quer que todos os homens se salvem e cheguem ao conhecimento da verdade. Há um só Deus e um só mediador entre Deus e os homens, o homem Jesus Cristo, que Se entregou à morte pela redenção de todos. Tal é o testemunho que foi dado a seu tempo e do qual fui constituído arauto e apóstolo –  digo a verdade, não minto – mestre dos gentios na fé e na verdade. Quero, portanto, que os homens rezem em toda a parte, erguendo para o Céu as mãos santas, sem ira nem contenda. Compreender a Palavra Paulo mostra a Timóteo o horizonte universal da fé cristã. “Jesus entregou-se à morte pela redenção de todos”. Este “todos” há de concretizar-se na ação da Igreja a começar pelos seus apóstolos. Por esta razão Paulo exorta Timóteo a rezar por todos os homens sem esquecer os reis e as autoridades. Ninguém está excluído da oração da comunidade cristã. Além do mais, se queremos apresentar Jesus Cristo necessitamos de um ambiente de paz para...

Read More

Nossa Senhora das Dores

Hebreus 5, 7-9 Nos dias da sua vida mortal, Cristo dirigiu preces e súplicas,  com grandes clamores e lágrimas, Àquele que O podia livrar da morte e foi atendido por causa da sua piedade. Apesar de ser Filho, aprendeu a obediência no sofrimento e, tendo atingido a sua plenitude, tornou-Se para todos os que Lhe obedecem causa de salvação eterna. Compreender a Palavra Celebramos Nossa Senhora das Dores Depois de celebrarmos a Exaltação da Santa Cruz o nosso olhar volta-se para aquela que estava junto à cruz de Jesus, sua mãe. A palavra que nos acompanha é da carta aos Hebreus e recorda que, Cristo não levou uma vida de facilidades como era de esperar de um filho de Deus. Viu-se na aflição e na dor e experimentou a angústia e as lágrimas. No meio do sofrimento suplicou àquele que o podia livrar da morte e foi atendido, mas antes passou pelo sofrimento. A obediência alcançou a salvação. Meditar a Palavra A experiência de sofrimento que vemos em Jesus e consequentemente em Maria, a sua mãe, abre o nosso olhar para a condição do homem sobre a terra. Apesar de filho ele não foi poupado ao sofrimento e à dor, antes, foi chamado à obediência e aprendeu no sofrimento o caminho da redenção. Do mesmo modo Maria, que sofre a seus pés, com o olhar turvo pelas lágrimas por...

Read More

Exaltação da Santa Cruz

Números 21,4b-9 Naqueles dias, o povo de Israel impacientou-se e falou contra Deus e contra Moisés: «Porque nos fizestes sair do Egipto, para morrermos neste deserto? Aqui não há pão nem água e já nos causa fastio este alimento miserável». Então o Senhor mandou contra o povo serpentes venenosas que mordiam nas pessoas e morreu muita gente de Israel. O povo dirigiu-se a Moisés, dizendo: «Pecámos, ao falar contra o Senhor e contra ti. Intercede junto do Senhor, para que afaste de nós as serpentes». E Moisés intercedeu pelo povo. Então o Senhor disse a Moisés: «Faz uma serpente de bronze e coloca-a sobre um poste. Todo aquele que for mordido e olhar para ela ficará curado». Moisés fez uma serpente de bronze e fixou-a num poste. Quando alguém era mordido por uma serpente, olhava para a serpente de bronze e ficava curado. Compreender a Palavra Celebramos a Exaltação da Santa Cruz Na travessia do deserto, o povo libertado por Moisés do cativeiro do Egito passou por diversas provações e revoltou-se, por diversas vezes, contra Moisés e mesmo contra Deus. O relato que lemos hoje fala-nos de um momento em que o povo, enjoado do alimento sempre igual, o maná e as codornizes. Perante a insubordinação do povo Deus envia-lhes umas serpentes que matavam com o seu venenos todos os que eram mordidos. É Moisés quem, depois de ouvir...

Read More

Quarta-feira da Semana XXIII do Tempo Comum

Colossenses 3, 1-11 Irmãos: Se ressuscitastes com Cristo, aspirai às coisas do alto, onde Cristo está sentado à direita de Deus. Afeiçoai-vos às coisas do alto e não às da terra. Porque vós morrestes e a vossa vida está escondida com Cristo em Deus. Quando Cristo, que é a vossa vida, Se manifestar, também vós vos manifestareis com Ele na glória. Portanto, fazei morrer o que em vós é terreno: imoralidade, impureza, paixões, maus desejos e avareza, que é uma idolatria. Por causa destes vícios é que vem a ira de Deus sobre os rebeldes. Vós também vos comportáveis assim, quando vivíeis entre eles. Mas agora, afastai de vós tudo o que é cólera, irritação, malícia, insulto, linguagem torpe. Não mintais uns aos outros, vós que vos despojastes do homem velho com as suas ações e vos revestistes do homem novo, que, para alcançar a verdadeira ciência, se vai renovando à imagem do seu Criador. Aí não há grego ou judeu, circunciso ou incircunciso, bárbaro ou cita, escravo ou livre; o que há é Cristo, que é tudo e está em todos. Compreender a Palavra Paulo apresenta aos colossenses a sua nova condição diante de Deus e diante dos homens. Revestidos do homem novo, ressuscitaram com Cristo e renova-se neles continuamente a imagem do criador. Por esta nova condição já não há entre eles gregos nem judeus, circuncisos ou...

Read More

Setembro 2017
D S T Q Q S S
« Ago    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930