Quarta-feira do Tempo do Natal

1 Jo 2, 29 – 3, 6  Caríssimos: Se sabeis que Deus é justo, compreendereis também que todo aquele que pratica a justiça nasceu d’Ele. Vede que admirável amor o Pai nos consagrou em nos chamarmos filhos de Deus. E somo-lo de facto. Se o mundo não nos conhece, é porque não O conheceu a Ele. Caríssimos, agora somos filhos de Deus e ainda não se vê o que havemos de ser. Mas sabemos que, quando Jesus Se manifestar, seremos semelhantes a Ele, porque O veremos tal como Ele é. Todo aquele que tem n’Ele esta esperança torna-se puro como Ele é puro. Quem comete o pecado transgride a lei, porque o pecado é a transgressão da lei. Mas vós sabeis que Jesus Se manifestou para tirar os pecados e n’Ele não existe pecado. Quem permanece n’Ele não peca; quem peca não O vê nem O conhece. Compreender a Palavra João coloca-nos diante de Cristo para nos mostrar o amor do Pai. De facto, no seu amor Deus fez de nós filhos no seu Filho que veio tirar o pecado do mundo e não podemos já viver sem a consciência desta verdade. Já não podemos deixar de ser filhos. Por isso, o que se impõe agora é viver longe do pecado para permanecermos nele porque quem peca não o conhece. Quem o conhece vive na esperança de chegar a...

Read More