Segunda-feira da Semana III do Tempo do Advento

Jeremias 23, 5-8  «Dias virão – diz o Senhor – em que farei surgir para David um rebento justo. Será um verdadeiro rei e governará com sabedoria: há-de exercer no país o direito e a justiça. Nos seus dias, Judá será salvo e Israel viverá em segurança. Este será o seu nome: ‘O Senhor é a nossa justiça’. Por isso, dias virão – oráculo do Senhor – em que já não se dirá: ‘Vive o Senhor, que fez sair os filhos de Israel da terra do Egipto’; mas sim ‘Vive o Senhor, que fez sair e regressar os descendentes da casa de Israel da região do norte e de todos os países em que os tinha dispersado, para poderem habitar na sua própria terra’». Compreender a Palavra Jeremias colhe o melhor de uma história e de uma esperança. A história de Israel plasma-se a partir da saída do Egito e configura-se na esperança da libertação definitiva. David é o grande rei porque trouxe a paz ao povo e é da sua descendência que se espera o verdadeiro e definitivo libertador. Esta esperança passa de geração em geração. Jeremias fala desta esperança com palavras proféticas que afirmam a chegada da justiça, da salvação e da segurança pelas mãos de um verdadeiro rei. Com a sua chegada a história de Israel mudará, pois deixará de dizer-se que o senhor nos fez...

Read More