Quarta-feira da Semana II do Tempo do Advento

Isaías 40, 25-31  «A quem Me comparareis que seja semelhante a Mim? – diz o Deus Santo – Erguei os olhos para o alto e olhai. Quem criou estas estrelas? Aquele que as conta e as faz marchar como um exército e as chama a todas pelos seus nomes. Tal é a sua força e tão grande é o seu poder, que nenhuma falta à chamada. Jacob, porque dizes; Israel, porque afirmas: ‘O meu destino está oculto ao Senhor e a minha causa passa despercebida ao meu Deus’? Não o sabes, não o ouvistes dizer? O Senhor é um Deus eterno, criador da terra até aos seus confins. Ele não Se cansa nem Se fatiga e a sua inteligência é insondável. Dá força ao que anda exausto e vigor ao que anda enfraquecido. Os jovens cansam-se e fatigam-se e os adultos tropeçam e vacilam. Mas os que esperam no Senhor renovam as suas forças, formam asas como as águias. Correm sem se fatigarem, caminham sem se cansarem». Compreender a Palavra Ao longo do caminho, mesmo com a promessa da salvação, é fácil perder a esperança e deixar de confiar. A salvação parece tardar, as dificuldades acumulam-se ao cansaço e o desânimo aparece como a única resposta possível. Deus parece ter-se esquecido do seu povo. Resto o desabafo ‘o meu destino está oculto ao Senhor e a minha causa passa...

Read More