Quarta-feira da Semana I do Tempo do Advento

Isaías 25, 6-10a  Sobre este monte, o Senhor do Universo há-de preparar para todos os povos um banquete de manjares suculentos, um banquete de vinhos deliciosos: comida de boa gordura, vinhos puríssimos. Sobre este monte, há-de tirar o véu que cobria todos os povos, o pano que envolvia todas as nações; Ele destruirá a morte para sempre. O Senhor Deus enxugará as lágrimas de todas as faces e fará desaparecer da terra inteira o opróbrio que pesa sobre o seu povo. Porque o Senhor falou. Dir-se-á naquele dia: «Eis o nosso Deus, de quem esperávamos a salvação; é o Senhor, em quem pusemos a nossa confiança. Alegremo-nos e rejubilemos, porque nos salvou. A mão do Senhor pousará sobre este monte». Compreender a Palavra Com palavras cheias de força, Isaías, compara o encontro definitivo com Deus a um banquete. O convite de Deus e a possibilidade de entrar e deliciar-se com os manjares suculentos e o vinho delicioso, está nas nossas mãos. Deus acolhe na sua casa todos os povos e a todos liberta da tristeza, do sofrimento e da morte, a todos enxuga as lágrimas. Na força das suas palavras salva o homem condenado à desgraça, trazendo-o à vida porque confiaram. Meditar a Palavra Estas palavras de Isaías estão cheias de força. O encontro com Deus, o reino de Deus como dirá Jesus, é como um banquete. Comparar o...

Read More