Domingo I do Tempo do Advento

Mistagogia da Palavra Neste domingo começa o tempo do Advento, momento forte do ritmo cristão e do ano litúrgico. É a preparação imediata do Natal. Velando em oração, colocamo-nos, pela fé, entre a celebração litúrgica da primeira vinda do Senhor, já realizada, e a esperança da sua vinda definitiva; mas, em atitude dinâmica, trabalhando pelo Reino de Deus neste tempo de graça que é o presente, o agora. Na verdade, o “hoje” da salvação constitui também um perene advento ou vinda do Senhor nos acontecimentos pessoais, familiares, eclesiais e sociais de cada dia. A 1ª leitura é do profeta Isaías. É uma queixa colectiva repassada de esperança. Nela se reconhece que a triste situação do povo é o justo castigo dos seus pecados. Reconhece-se que é impossível voltar para Deus, se o próprio Deus não tomar a iniciativa. Daí a comovente e confiante súplica a Deus para que volte, e volte como pai e redentor. A 2ª leitura é da Primeira Epístola de S. Paulo aos Coríntios. Chamados por Deus a participar da vida de Cristo, Filho de Deus, incorporados n’Ele como seus membros, fomos enriquecidos de todos os dons. Mas a nossa fé, para se manter sólida e a nossa vida para se tornar irrepreensível exigem uma atitude de combate. A fidelidade de Deus está assegurada. O Evangelho é segundo S. Marcos. Da parábola do porteiro, que pertence...

Read More