Segunda-feira da Semana XXXI do Tempo Comum

LEITURA I Rom 11, 29-36 Irmãos: Os dons e o chamamento de Deus são irrevogáveis. Na verdade, vós fostes outrora desobedientes a Deus e agora alcançastes misericórdia, devido à desobediência dos judeus. Assim também eles desobedeceram agora, de modo que, devido à misericórdia obtida por vós, também eles alcancem agora misericórdia. Efectivamente, Deus encerrou a todos na desobediência, para usar de misericórdia para com todos. Como é profunda a riqueza, a sabedoria e a ciência de Deus! Como são insondáveis os seus desígnios e incompreensíveis os seus caminhos! Quem conheceu o pensamento do Senhor? Quem foi o seu conselheiro? Quem Lhe deu primeiro, para que tenha de receber retribuição? D’Ele, por Ele e para Ele são todas as coisas. Glória a Deus para sempre. Amen. Compreender a Palavra Deus revela-se ao homem segundo critérios estranhos à sabedoria humana. Primeiro chamou os judeus e fez com eles uma aliança de amor. Depois revelou-se aos gentios anunciando-lhes o evangelho de Jesus Cristo porque os judeus se tinham recusado a aceitar aquele que lhes oferecia a salvação. A desobediência de uns é oportunidade para a salvação de outros. Quando os homens perceberem o que perdem quando rejeitam a misericórdia de Deus revelada em Cristo, todos virão ao encontro do Senhor que a ninguém falta com a sua misericórdia. Meditar a Palavra Paulo revela a condição de todo o homem diante de Deus....

Read More