Quarta-feira da Semana V do Tempo Comum

EVANGELHO Mc 7, 14-23
Naquele tempo, Jesus chamou de novo para junto de Si a multidão e disse-lhes: «Escutai-Me e procurai compreender. Não há nada fora do homem que ao entrar nele o possa tornar impuro. O que sai do homem é que o torna impuro. Se alguém tem ouvidos para ouvir, oiça». Quando Jesus, ao deixar a multidão, entrou em casa, os discípulos perguntaram-Lhe o sentido da parábola. Ele respondeu-lhes: «Vós também não entendestes? Não compreendeis que tudo o que de fora entra no homem não pode torná-lo impuro, porque não entra no coração, mas no ventre, e depois vai parar à fossa?». Assim, Jesus declarava puros todos os alimentos. E continuou: «O que sai do homem é que o torna impuro; porque do interior dos homens é que saem as más intenções: imoralidades, roubos, assassínios, adultérios, ambições, injustiças, fraudes, devassidão, inveja, difamação, orgulho, insensatez. Todos estes vícios saem do interior do homem e são eles que o tornam impuro».

 

 

asdasd
Quarta-feira da Semana V do Tempo Comum
EVANGELHO Mc 7, 14-23
Naquele tempo, Jesus chamou de novo para junto de Si a multidão e disse-lhes: «Escutai-Me e procurai compreender. Não há nada fora do homem que ao entrar nele o possa tornar impuro. O que sai do homem é que o torna impuro. Se alguém tem ouvidos para ouvir, oiça». Quando Jesus, ao deixar a multidão, entrou em casa, os discípulos perguntaram-Lhe o sentido da parábola. Ele respondeu-lhes: «Vós também não entendestes? Não compreendeis que tudo o que de fora entra no homem não pode torná-lo impuro, porque não entra no coração, mas no ventre, e depois vai parar à fossa?». Assim, Jesus declarava puros todos os alimentos. E continuou: «O que sai do homem é que o torna impuro; porque do interior dos homens é que saem as más intenções: imoralidades, roubos, assassínios, adultérios, ambições, injustiças, fraudes, devassidão, inveja, difamação, orgulho, insensatez. Todos estes vícios saem do interior do homem e são eles que o tornam impuro».
 
Compreender a Palavra
Jesus procura esclarecer, com as suas palavras, os fariseus e os doutores da lei. Para eles o importante é o cumprimento da lei que, em muitos aspetos são normas dos homens, mas que apresentam como lei divina. Para Jesus o importante é o homem, o amor, a misericórdia. A lei mata, enquanto a misericórdia salva, liberta. Para fariseus e doutores da lei a impureza está nas coisas, para Jesus tudo se decide no coração do homem. A pureza interior é mais importante e necessária do que a pureza exterior.
 
Meditar a Palavra
O Senhor chama-me a uma vida interior. As suas palavras, os seus mandamentos, as suas leis, destinam-se ao meu interior. O Senhor sabe que é em mim e não fora de mim, que nasce e ganha raízes o mal. Os alimentos, as realidades deste mundo criado por Deus, são coisas boas em si mesmas. No entanto, eu posso, com a minha intenção, transformar as coisas boas que o Senhor criou, em coisas degradantes que tornam impuro o meu coração e tornam impuros aqueles que, vendo-me, seguem os meus passos.
 
Rezar a Palavra
Purifica o meu coração, Senhor. Tu bem sabes que é no íntimo de mim mesmo que nascem as más inclinações porque ainda não deixei que tu entrasses bem dentro de mim para dominares com a força da tua graça todo o meu ser. Muito do que há em mim ainda está em desordem, ainda não foi transformado pelo mistério do teu amor, pela força da tua paixão. Ainda me preocupo muito mais com o que os outros possam pensar do que em viver retamente na tua presença. Purifica-me, Senhor, para que o mal não me domine e eu não viva de aparências.
 
Compromisso
Vou entrar em mim para varrer toda a espécie de maldade que ainda se esconde no meu íntimo.

Compreender a Palavra
Jesus procura esclarecer, com as suas palavras, os fariseus e os doutores da lei. Para eles o importante é o cumprimento da lei que, em muitos aspetos são normas dos homens, mas que apresentam como lei divina. Para Jesus o importante é o homem, o amor, a misericórdia. A lei mata, enquanto a misericórdia salva, liberta. Para fariseus e doutores da lei a impureza está nas coisas, para Jesus tudo se decide no coração do homem. A pureza interior é mais importante e necessária do que a pureza exterior.
 
Meditar a Palavra
O Senhor chama-me a uma vida interior. As suas palavras, os seus mandamentos, as suas leis, destinam-se ao meu interior. O Senhor sabe que é em mim e não fora de mim, que nasce e ganha raízes o mal. Os alimentos, as realidades deste mundo criado por Deus, são coisas boas em si mesmas. No entanto, eu posso, com a minha intenção, transformar as coisas boas que o Senhor criou, em coisas degradantes que tornam impuro o meu coração e tornam impuros aqueles que, vendo-me, seguem os meus passos.
 
Rezar a Palavra

Purifica o meu coração, Senhor. Tu bem sabes que é no íntimo de mim mesmo que nascem as más inclinações porque ainda não deixei que tu entrasses bem dentro de mim para dominares com a força da tua graça todo o meu ser. Muito do que há em mim ainda está em desordem, ainda não foi transformado pelo mistério do teu amor, pela força da tua paixão. Ainda me preocupo muito mais com o que os outros possam pensar do que em viver retamente na tua presença. Purifica-me, Senhor, para que o mal não me domine e eu não viva de aparências.
 
Compromisso
Vou entrar em mim para varrer toda a espécie de maldade que ainda se esconde no meu íntimo.