Sexta-feira da Semana XXXIV do Tempo Comum

EVANGELHO Lc 21, 29-33
Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos a seguinte parábola: «Olhai a figueira e as outras árvores: Quando vedes que já têm rebentos, sabeis que o Verão está próximo. Assim também, quando virdes acontecer estas coisas, sabei que está próximo o reino de Deus. Em verdade vos digo: Não passará esta geração sem que tudo aconteça. Passará o céu e a terra, mas as minhas palavras não passarão».

 

 

Compreender a Palavra
Continuando o discurso apocalíptico Jesus apresenta uma parábola para dar conteúdo e compreensão às suas palavras. Usa a imagem da figueira e a capacidade de ver os sinais da chegada do Verão, para mostrar a necessidade de conhecer os sinais indicadores da chegada do Reino. “Não vos deixeis enganar” e “não vos alarmeis” foram as palavras de Jesus no início deste discurso, agora alerta para a necessidade de discernir os sinais. Todo aquele que for capaz de discernir os sinais, vive tranquilo as angústias provocadas pelo tempo presente porque sabe que está a chegar a salvação. Nada é inabalável, nem o céu nem a terra, como julgavam os judeus, só a palavra de Deus permanece para sempre.
 
Meditar a Palavra
Compreendo o que Jesus me quer dizer com estas palavras. Os entendidos nas coisas dos homens sabem ler os sinais humanos, as reações, as palavras, os olhares. Os entendidos nas coisas naturais sabem ler os sinais da natureza, nos céus, na terra e nos mares. Os entendidos nas coisas de Deus conseguem ver ler os sinais de Deus presentes na criação, na história e nos acontecimentos de cada dia. Preciso tornar-me especialista das coisas de Deus, pela meditação da Palavra, para compreender a existência com os olhos de Deus.


Rezar a Palavra
Senhor, ensina-me a esperança para acreditar que dos ramos envelhecidos pode surgir uma nova vida. Que eu saiba ver por entre os escombros do mundo, as manifestações da tua presença salvadora. Que a tua palavra seja a luz que me ilumina no inverno do mundo onde parece que se extingue a vida. Que a minha segurança esteja em ti e não nas forças poderosas da natureza que tu criaste para mostrar o teu amor.


Compromisso
Vou intensificar a leitura da Palavra de Deus na minha vida.